Províncias

Covid-19: Cunhinga cumpre com as medidas de prevenção

José Chaves | Cunhinga

A maioria dos habitantes do município do Cunhinga, que dista a 50 quilómetros da cidade do Cuito, província do Bié, cumpre com as medidas de prevenção contra a pandemia da Covid-19, como o uso de máscaras faciais, a observação das medidas de distanciamento social e o recolher obrigatório a partir das 19 horas.

Fotografia: DR

Na sede municipal poucas pessoas circulam na via pública. As ruas da vila estão praticamente desérticas. Alguns agentes da Polícia Nacional estão nas ruas a controlar a movimentação de pessoas e de viaturas.

Quem também esta a cumprir com as normas de prevenção contra o novo coronavírus são as diversas instituições públicas e privadas reduziram em 50 por cento a força de trabalho, com os funcionários a utilizarem máscaras, lavarem as mãos com água e sabão, a respeitar o distanciamento social e cumprindo o horário estabelecido no quadro do Estado de Emergência.

De uma das ruas paralela à Administração Municipal, apenas foi possível observar meia dezena de funcionários. No Hospital Missionário do Vouga, Leandra Gomes, a médica em serviço, disse que o trabalho continua apenas com pessoal essencial, em função do Estado de Emergência. No bairro Tecnil, arredores da sede do Cunhinga, encontrámos dois senhores a construir uma residência com material precário (adobe).

Os dois usavam máscaras e procuravam manter o distanciamento social. Já no bairro Essanjo, Ana Chivinda, com a enxada em mão, usava a máscara facial e mantinha distanciamento da companheira.  Na sede municipal, as autoridades municipais criaram um centro de quarentena institucional no antigo Centro Materno-infantil.

Tempo

Multimédia