Províncias

Covid-19: Descartados casos suspeitos da pandemia na Catumbela

As autoridades sanitárias do município da Catumbela, em Benguela, descartaram, terça-feira, a existência de casos suspeitos do novo coronavírus, após a intensificação do rastreio nas comunidades, noticia a Angop.

Fotografia: DR


“A nível da Catumbela não temos casos suspeitos da Covid-19”, assegurou o director municipal da Saúde na Catumbela, Arsénio Sawendo, quando falava na reunião do Conselho Municipal de Auscultação da Comunidade.

A Comissão, disse, continua a fazer o rastreio, sobretudo aos pacientes nas unidades hospitalares, centros e postos médicos, para prevenir o coronavírus. Neste momento, frisou, a capacidade de resposta do Hospital Municipal de São Pedro foi reforçada com a recepção de um kit de 25 testes rápidos.
Um dos dez municípios da província de Benguela, Catumbela, está localizado entre as cidades de Benguela (sede) e do Lobito. Conta actualmente com mais de 205 mil habitantes.

Ganda lança campanha de sensibilização

Uma campanha de sensibilização da população sobre a obrigatoriedade do uso das máscaras em locais públicos, como medida de prevenção da propagação da Covid-19, foi lançada ontem, no município da Ganda, província de Benguela, pelas autoridades locais.
A iniciativa, segundo a Angop, conta com a participação de 50 funcionários da Administração Municipal da Ganda, entre administradores, chefes de Departamento, secções, que vão se desdobrar pelas ruas mais movimentadas da cidade e mercados.
O administrador municipal da Ganda, Francisco Prata, disse que a intenção é persuadir os cidadãos sem máscaras a voltar a casa, impedindo-os de aceder aos mercados da circunscrição.

Reconheceu existirem ainda aglomerados em bancos, registo e identificação civil, situação que esperam ultrapassar com o concurso de outras instituições e autoridades tradicionais, na sensibilização e organização das pessoas.
De um modo geral, disse, a população da Ganda está a acatar as medidas de prevenção da Covid-19, embora ainda sejam visíveis actos de descaso por parte de alguns cidadãos.

Tempo

Multimédia