Províncias

Crianças aprendem escultura

Jaquelino Figueiredo | Soyo

Jaíto dos Santos Figueiredo, 11 anos, foi o vencedor do concurso “Construções na Areia”, na província do Zaire, promovido pelo Banco de Poupança e Crédito (BPC), realizada no passado fim-de-semana, na Praia dos Pobres, na cidade do Soyo.

O desenvolvimento psico-motor dos alunos está na mira dos promotores do concurso
Fotografia: Jornal de Angola

Aluno da sexta classe na escola missionária Rosa Gattorno, Jaíto dos Santos Figueiredo superou outros 29 concorrentes ao esculpir um aluno com os livros na mão.
O vencedor recebeu como prémios uma bicicleta, uma conta no BPC Crescer, no valor de 20 mil kwanzas, e o passaporte para o concurso nacional “BPC Construções na Areia”, no próximo mês de Abril, em Luanda.
O concurso, patrocinado pelo Banco de Poupança e Crédito (BPC), reuniu 30 alunos, com idades com­preendidas entre os sete e os 13 anos, de diferentes escolas, e ­consagrou outros quatro concorrentes que receberam um diploma de participação. O vencedor do concurso, emocionado, disse à imprensa que se inspirou naquilo que faz diariamente: ir à escola.
“Já tenho estado a desenhar nos cadernos, mas nunca fiz uma escultura na areia, fui seleccionado mas inicialmente não sabia o que fazer”, disse Jaíto Figueiredo.
A coordenadora do concurso “BPC Construções na Areia”, Oguete Rosa, disse que o objectivo primordial consiste em proporcionar o desenvolvimento psico-motor dos alunos, a sua capacidade intelectual e dar oportunidade de interagirem durante duas horas com as outras crianças.
Depois do Zaire, Moxico, Lunda Norte, Uíge e Bengo vão ser as próximas províncias a a seleccionar os candidatos ao concurso nacional BPC Construções na Areia, em Luanda e depois em Portugal.

Tempo

Multimédia