Províncias

Crianças no Huambo morrem asfixiadas

Três crianças morreram domingo, no bairro “Rio de Janeiro”, nos arredores da cidade do Huambo, vítimas de asfixiamento, causado por monóxido de carbono, libertado por um gerador eléctrico.

Três crianças morreram domingo, no bairro “Rio de Janeiro”, nos arredores da cidade do Huambo, vítimas de asfixiamento, causado por monóxido de carbono, libertado por um gerador eléctrico.
Com idades de oito, doze e catorze anos, as meninas, por sinal irmãs, foram encontradas mortas na madrugada de domingo, segundo os seus familiares.
O pai, Sebastião Katchissapa, explicou à Angop que  estava ausente de casa quando tudo aconteceu, estando as crianças sob cuidados do filho mais velho.
“Eu não estava em casa. Sábado, às 18 horas, faltou energia da rede geral e o meu filho mais velho ligou o gerador. Chovia e então decidiram colocá-lo no quarto com as janelas abertas. Mesmo assim, o fumo sufocou as crianças e de manhã encontramo-las mortas”, disse, visivelmente consternado.
Incêndios e asfixiamentos por geradores têm sido causa de morte de várias famílias nos últimos anos, particularmente crianças, na província do Huambo.

Tempo

Multimédia