Províncias

Cruz Vermelha prepara socorristas em matéria de prevenção de doenças

Kayila Silvina|Mbanza Congo


 
Técnicos da Cruz Vermelha de Angola (CVA), destacados em Mbanza-Congo, na província do Zaire, estão a ser preparados em matérias de prevenção de doenças no seio das comunidades.

O seminário decorre desde segunda-feira na cidade de Mbanza Congo
Fotografia: Adolfo Dumbo|Mbanza Congo


 
Técnicos da Cruz Vermelha de Angola (CVA), destacados em Mbanza-Congo, na província do Zaire, estão a ser preparados em matérias de prevenção de doenças no seio das comunidades.
O seminário, que decorre desde segunda-feira, na cidade de Mbanza-Congo, é promovido pela direcção do local da CVA, em colaboração com o governo provincial.
O encontro, que aborda, também, aspectos sobre a reunificação familiar, visa, fundamentalmente, disse o coordenador nacional para área da Saúde da CVA, João Brandão, dotar os socorristas de competências adequadas que os habilitem a actuar, da melhor forma, na promoção da saúde na comunidade, especificamente nos centros de acolhimento dos cidadãos nacionais regressados da República Democrática do Congo.

Outras acções

O coordenador nacional para área da saúde da CVA, João Brandão, explicou que, nos campos onde se encontram angolanos expulsos dos Congos, a Cruz Vermelha tem promovido campanhas de prevenção sexualmente transmissíveis, especialmente VIH/Sida, malária e cólera.
 “Durante as campanhas, os socorristas são munidos de materiais clínicos que lhes possibilita prestarem os primeiros socorros, promover o saneamento básico do meio e a desinfecção da água”, disse.
João Brandão afirmou, também, que a CVA tem destacada uma equipa médica no centro de acolhimento Mamã Rosa, na comuna do Luvo, que trabalha em estreita colaboração com a direcção provincial da Saúde, na prestação dos primeiros socorros aos angolanos expulsos da RDC.
Os técnicos encarregam-se apenas dos casos de menor gravidade, os mais complexos são transferidos para o hospital municipal, em Mbanza-Congo. 

Tempo

Multimédia