Províncias

Administração pretende criar cooperativas agropecuárias

Dionisio David | Namacunde

As autoridades de Namacunde, província do Cunene, estão a preparar todas as condições necessárias para a criação de cooperativas agropecuárias nos principais centros populacionais, segundo o administrador municipal.

As autoridades de Namacunde, província do Cunene, estão a preparar todas as condições necessárias para a criação de cooperativas agropecuárias nos principais centros populacionais, segundo o administrador municipal.
“Para combater a fome e a pobreza, a Administração Municipal está a preparar todas as condições necessárias com o objectivo de criar cooperativas agropecuárias nos principais centros populacionais, já que o Namacunde é potencialmente criador de gado”, justificou Lúcio Ndinoiti.
O administrador recomendou ainda às autoridades tradicionais de diferentes aldeias, que trabalhem na identificação das principais dificuldades sociais das comunidades e exortou aos pais e encarregados de educação a aderirem ao sistema de ensino e aprendizagem para os seus filhos. Recordou, a propósito, que o Executivo angolano considera o ensino para todos como prioridade, pois só apostando na formação do homem é que se pode garantir o futuro do país.

Violência doméstica

A  Administração de Namacunde, em coordenação com as autoridades tradicionais, vai estabelecer o horário único para abertura e fecho das tabernas e lanchonetes nas zonas rurais.
De acordo com o administrador municipal, Lúcio Ndinoiti, a medida visa diminuir o consumo excessivo do álcool e baixar os casos de violência doméstica.
As autoridades do município, acrescentou, trabalham na divulgação da Lei sobre a Violência Doméstica e suas consequências.
A deslocação do administrador abrangeu as localidades de Enyombuui, Onamaimbi e Omulunga Washikongo, localizadas na mesma comuna.

Tempo

Multimédia