Províncias

Administrações essenciais na aplicação de programas

Dionísio David | Ondjiva

O governador provincial do Cunene, António Didalelwa, destacou na segunda-feira, em Ondjiva o desempenho dos administradores municipais no desenvolvimento dos projectos constantes do Programa de Luta Contra a Pobreza.

Durante um encontro da Comissão Técnica de Luta Contra a Pobreza, na qual participaram membros do Governo Provincial e administradores municipais, para avaliação das acções realizadas em 2013 e as programadas para este ano, António Didalelwa sublinhou que os resultados foram animadores, mas defendeu o aprofundamento dos mecanismos para melhorar a aplicação.
Na generalidade, a execução dos projectos tem conhecido resultados significativos, que se traduzem na promoção do desenvolvimento socioeconómico da província e melhoria das condições de vida das populações, sobretudo no meio rural. O governador lembrou que o Programa Municipal Integrado e de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza teve, em 2013, o suporte de quatro subprogramas: o de Impacto Económico e Social Imediato, dos Serviços Municipalizados de Saúde, Água para Todos e da Merenda Escolar.
Os membros da unidade técnica apreciaram, igualmente, o plano operacional do Programa Municipal Integrado para 2014, assim como o controlo e fiscalização do funcionamento dos estabelecimentos comerciais, que vendem bebidas alcoólicas no meio rural.
O Programa de Combate à Pobreza prevê o desenvolver de acções voltadas para as famílias mais vulneráveis, a sua inserção no circuito de produção. A estratégia de incremento deste programa prevê ainda, para este ano, um novo projecto denominado “Ajuda para o Trabalho”, que tem como suporte cinco acções: Cartão Kikuia, Planta Só, Pão do Dia, Centro Integrado de Microprocessamento de Alimentos e Cidade Limpa.

Tempo

Multimédia