Províncias

Ambulâncias no Cunene reforçam sector da Saúde

Elautério Silupuleni | Ondjiva

Mais dez novas ambulâncias foram entregues na sexta-feira às unidades sanitárias da província do Cunene, pelo ministro de tutela, José Vieira Dias Van-Dúnem, no âmbito do Programa de Municipalização dos Serviços.

As novas ambulâncias vão servir também de apoio aos serviços de emergências médicas
Fotografia: Elautério Silipuleni

Mais dez novas ambulâncias foram entregues na sexta-feira às unidades sanitárias da província do Cunene, pelo ministro de tutela, José Vieira Dias Van-Dúnem, no âmbito do Programa de Municipalização dos Serviços.
Entre as unidades beneficiárias constam o Hospital Geral de Ondjiva e as unidades municipais de Ombadja, Cuvelai e Namacunde. As ambulâncias também vão servir de de apoio aos serviços de emergências médicas.
O ministro da Saúde disse que o objectivo das autoridades é reforçar os municípios com os meios necessários, levando-os, desta maneira, a ficar mais próximos dos cidadãos, de forma a efectivar um serviço célere, eficaz e eficiente.
Outra finalidade é prestar melhor assistência médica, fundamentalmente às mulheres grávidas, no sentido destas terem um serviço de parto condigno e serem assistidas por profissionais de saúde qualificados, segundo o ministro.
O governador provincial do Cunene, António Didalelwa, salientou que, para ter um serviço de humanização nos hospitais, cabe às instituições manter um acompanhamento directo dos funcionários, para que não haja situações desagradáveis.
António Didalelwa disse que o Executivo vai continuar a trabalhar na perspectiva de construir mais unidades hospitalares, principalmente nas áreas mais distantes das sedes municipais, onde estas acções não se fazem sentir.
O governo, acrescentou, está a construir infra-estruturas sanitárias em todos os municípios, comunas e povoações, todas devidamente apetrechadas, tal como está a colocar quadros capazes para melhor atendimento aos pacientes.

Tempo

Multimédia