Províncias

Antigo Gabinete Técnico entrega várias obras sociais

Dionísio David | Ondjiva

O vice-ministro do Planeamento, Gualberto Lima Carlos, entregou sexta-feira ao governo provincial, em Ondjiva, várias obras que estavam sob responsabilidade do extinto Gabinete Técnico de Infra-estruturas para a província do Cunene.

Obras de impacto social melhoram o nível de vida da população e a imagem da região
Fotografia: Jornal de Angola

O vice-ministro do Planeamento, Gualberto Lima Carlos, entregou sexta-feira ao governo provincial, em Ondjiva, várias obras que estavam sob responsabilidade do extinto Gabinete Técnico de Infra-estruturas para a província do Cunene.
O vice-ministro Gualberto Lima Carlos procedeu à entrega das obras na qualidade de coordenador do extinto gabinete, criado em função da orientação do Presidente da República, José Eduardo do Santos, em Maio de 2009, para responder a uma situação de emergência causada pelas inundações, que desalojaram milhares de pessoas e destruíram mais de 2.000 casas.
Decorridos dois anos e meio, após a criação do referido gabinete, achou-se que estavam criadas as condições para a transferência dos trabalhos da referida instituição para o governo provincial do Cunene, o que determinou a sua extinção.
Na ocasião, Gualberto Lima a­presentou oito diques de protecção, três passagens hidráulicas, na cidade de Ondjiva, e outras duas passagens hidráulicas na estrada Ondjiva-Namacunde, a par de três quilómetros da estrada Namacunde-Chiede e um quilómetro da via Ondjiva/Cuvelai.
O segundo termo de entrega faz referência às obras em curso, que ainda não estão terminadas e que, informou o vice-ministro, continuam nos próximos tempos.
Estas obras dizem respeito aos trabalhos de protecção da sede da comuna do Evale, do bairro da Cashila, a desobstrução da passagem do rio Caculuvale, no dique um, e a conclusão da reciclagem das ruas e principais travessas da cidade de Ondjiva.
O termo de entrega número três tem a ver com o estudo do plano geral para a gestão integrada dos recursos hídricos da bacia hidrográfica do rio Cuvelai.
O último termo assinado refere-se à entrega das residências e viaturas que o gabinete havia adquirido, por altura dos trabalhos.
Os termos foram assinados numa cerimónia que contou que a presença do governador provincial do Cunene, António Didalelwa.

Tempo

Multimédia