Províncias

Antigos combatentes em projectos sociais

Ex-militares na província do Cunene foram aconselhados ontem, em Ondjiva, pelo  chefe do Instituto de Reintegração Socioprofissional dos Ex-militares (IRSEM), a procurarem os serviços das administrações municipais e comunais, com o objectivo de beneficiarem do programa de reintegração em curso na região.

Ângulo de Ondjiva que conta com projectos de reintegração
Fotografia: Domiano Fernandes | Edições Novembro

Muteka Mbutu disse ser importante que os desmobilizados a nível dos municípios procurem os serviços, uma vez que o Governo dispõe de projectos de reintegração. O chefe do IRSEM no Cunene exortou os desmobilizados a procurarem, nas suas zonas de jurisdição, as administrações municipais e comunas, efectuando o seu cadastramento, podendo, os que estão em Ondjiva, procurar a direcção do IRSEM, no centro administrativo do governo local.
A responsável lembrou que os projectos existem, citando, a título de exemplo, que recentemente 18 ex-militares portadores de deficiência física beneficiaram de colocação de próteses, no centro ortopédico da província do Bié, e, nos próximos dias, segue outro grupo de 27 desmobilizados.

Tempo

Multimédia