Províncias

Anunciada a construção de postos de saúde

Domingos Calucipa e Dionísio David | Owlhava

Owlhava, Cunene, tem a partir do próximo ano um centro partilhado de infra-estruturas de impacto social, que vai permitir que os habitantes não tenham de ir a cidade de Ondjiva para tratar de vários assuntos, anunciou, naquela localidade, o governador da província.

Owlhava, Cunene, tem a partir do próximo ano um centro partilhado de infra-estruturas de impacto social, que vai permitir que os habitantes não tenham de ir a cidade de Ondjiva para tratar de vários assuntos, anunciou, naquela localidade, o governador da província.
António Didalelua, que fez a revelação na cerimónia comemorativa da Independência Nacional, disse que em Owlahava vão ser construídos uma escola com três salas e um posto de saúde e instalados sistemas de água e electricidade.
Além disso, referiu  António Didalelua, vão ser construídas duas casas para enfermeiros e uma para o administrador, bem como uma estrada entre Ondjiva e Owlhava.
Nos próximos cinco anos, prometeu, são construídos centros partilhados nas zonas populosas da província que registem a falta de infra-estruturas sociais.
A localidade tem duas salas de pau-a-pique, construídas pela população, onde são dadas aulas por um professor.
Este ano estão matriculados 97 alunos da iniciação a 3ª classe, mas 128 crianças ficaram fora do sistema normal de ensino, por falta de professores. No âmbito das comemorações da Independência Nacional, o governador António Didalelua entregou bicicletas, rádios, charruas e cobertores a pessoas que participaram na luta pela Independência Nacional

Tempo

Multimédia