Províncias

Apreendidas viaturas desviadas do Programa de Combate à Seca

Domingos Calucipa | Ondjiva

O Serviço de Investigação Criminal no Cunene (SIC) apreendeu oito viaturas, todo-o-terreno, adquiridas para os trabalhos de apoio à seca, que estavam a ser utilizadas para fins particulares.

A seca no Cunene ceifou milhares de cabeças de gado
Fotografia: Estanislau Costa | Edições Novembro

Segundo o porta-voz do SIC, José Coimbra, os meios foram apreendidos devido a uma denúncia, que levou a um trabalho de investigação e a consequente abertura de um processo-crime de peculato, no qual estão envolvidos gestores do Governo da província.

José Coimbra informou que os responsáveis implicados “desobedeceram um Despacho Presidencial, que orientava a aquisição de doze viaturas Toyota Land-Cruizer HZ com a verba para apoio aos afectados pela seca. Ad-quiriram apenas sete viaturas desta marca, um Toyota Prado e uma carrinha Hilux, o que não corresponde à orientação baixada”. Além disso, explicou, os meios seriam de uso exclusivo para acções de combate à seca, “mas estavam a ser utilizados indevidamente, ou seja, para fins que nada tinham a ver com o propósito para os quais foram adquiridos, e ainda assim es-tavam sob tutela de indivíduos alheios ao Programa de Apoio às Vítimas da Seca”.
O porta-voz do SIC assinalou que, do trabalho de investigação, se apurou que o Toyota Prado está algures em Luanda, estando a ser feitas diligências para que seja recuperado.
José Coimbra disse que os meios vão ser entregues ao Governo da província para destiná-los ao propósito para os quais foram. Enquanto isso, o processo-crime foi remetido ao Ministério Público, cujos autores estão já bem identificados.

Tempo

Multimédia