Províncias

Artigos de higiene para sinistrados das inundações

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

A Organização Não Governamental Médicos com África (CUAMM) ofereceu ontem, em Ondjiva, província do Cunene, material de higiene aos sinistrados das cheias, que se encontram a viver em tendas.

A Organização Não Governamental Médicos com África (CUAMM) ofereceu ontem, em Ondjiva, província do Cunene, material de higiene aos sinistrados das cheias, que se encontram a viver em tendas.
Os bens oferecidos aos sinistrados, num projecto denominado “Saúde reprodutiva e direitos”, eram constituídos por 3.000 caixas com produtos higiénicos básicos, que vão permitir colmatar algumas dificuldades que os sinistrados enfrentam.
Foram oferecidos baldes, canecas, panos tradicionais, sabão, sabonetes, pensos higiénicos, lâminas de barbear, luvas, sacos de plástico e lanternas.
A responsável local da UNICEF) Laura Marin, disse que os materiais vão ser distribuídos nos municípios do Cuanhama e Cuvelai, por serem os que registam mais cidadãos na condição de sinistrados e a viver em tendas.
Neste primeira fase, os responsáveis da ONG explicaram que o município do Cuanhama recebeu 2.000 caixas e os restantes bens foram distribuídos no Cuvelai.

Tempo

Multimédia