Províncias

Aumentam casos no Cunene

Dionísio David | Ondjiva

A directora provincial da Família e Promoção da Mulher no Cunene, Rosa Gaudêncio Bernardo, está preocupada face ao elevado índice de gravidez precoce nas adolescentes.

Num encontro com jovens estudantes, informou que durante o ano de 2014, foram registados 1.233 casos de gravidez precoce em meninas adolescentes, com idade compreendida entre os 13 e os 17 anos. A directora considerou a situação preocupante, pelo perigo que correm, além de comprometer o futuro destas adolescentes que acabam por abandonar a formação académica e profissional.
Rosa Gaudêncio Bernardo  disse que a gravidez precoce, além dos problemas na vida pessoal, também aumenta o grau de dificuldades no seio das famílias, porque, referiu, na maioria dos casos envolve jovens de ambos sexos com a mesma idade e muitos deles sem recursos financeiros, nem as mínimas condições de sobrevivência.
“A fuga à paternidade que se tem registado nos últimos tempos continua a ser um dos problemas que as famílias enfrentam no seu dia-a-dia, com todas as consequências que a situação implica, já que muitos pais se recusam a assumir as suas responsabilidades”, frisou.
Perante esta situação, Rosa Bernardo sublinhou que o sector tem trabalhado com parceiros sociais no sentido de se dar tratamento adequado aos vários casos que ainda ocorrem , de modo a responsabilizar os violadores. A par de gravidez precoce, o fenómeno da prostituição foi também objecto de discussão no encontro com a juventude.
Alguns jovens manifestaram a sua preocupação e defenderam a urgente necessidade de se dar um tratamento apropriado aos casos, através das instituições públicas, tendo em atenção as implicações que a prostituição pode ter no seio dos juventude.
A JMPLA no Cunene, no âmbito da Jornada das Festividades do 14 de Abril, está a plantar árvores, limpeza e embelezamento das cidades e vilas. Também estão a ser realizadas palestras, com destaque para o combate à sinistralidade rodoviária, participação da jovem mulher no processo desenvolvimento do país.

Tempo

Multimédia