Províncias

Autoridades do Cunene fazem balanço

Domingos Calucipa | Ondjiva

O vice-governador do Cunene para o sector Económico considerou na terça-feira que se assinalaram grandes progressos no cumprimento do programa de combate à pobreza, durante o ano passado, uma vez que foram construídas e reabilitadas várias infra-estruturas sociais.

O vice-governador do Cunene para o sector Económico considerou na terça-feira que se assinalaram grandes progressos no cumprimento do programa de combate à pobreza, durante o ano passado, uma vez que foram construídas e reabilitadas várias infra-estruturas sociais.
António Candeeiro, que também é coordenador da Unidade Té­cnica Provincial de Combate à Pobreza no Cunene, informou que durante o ano passado foram edificados e reabilitados centros e postos de saúde, escolas, habitações sociais e sistemas de abastecimento de água.
Foram ainda executadas obras de saneamento básico e ambiental, reabilitadas vias de acesso e melhorado o fomento da agropecuária no domínio familiar.
A execução deste programa, os seus progressos e constrangimentos são sempre objecto de uma avaliação periódica para se determinar a eficiência do mesmo, de acordo com os objectivos pretendidos.
“No exercício económico passado, este programa teve, na província, um impacto que consideramos positivo, tendo em conta que os objectivos fundamentais que estavam programados foram em parte atingidos e aqueles que não chegaram ao seu término revelavam bons passos de execução”, considerou António Candeeiro.
O encontro analisou o plano operativo especial para 2012, o programa de impacto económico e social imediato, os planos operativos municipais reformulados com base no plano operativo especial, além de ter aprovado aprovou o programa de execução das casas evolutivas.
Abordou ainda outras questões relacionadas com a aplicação do programa de combate à pobreza.

Tempo

Multimédia