Províncias

Bulunganga já tem feira comunitária

Dionísio David | Ondjiva

Uma feira comunitária para venda de produtos agrícolas foi construída de raiz na povoação de Bulunganga, na comuna da Môngua, município do Cuanhama, Cunene, no âmbito do Programa Municipal de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Momento em que o governador António Didalelwa fez o corte da fita da feira de venda
Fotografia: Venâncio do Amaral

O espaço, financiado pela Administração Municipal do Cuanhama,  dispõe de 29 compartimentos, sendo 25 barracas, dois gabinetes, sala de atendimento e três casas de banho. Com a infra-estrutura pretende-se promover o aumento da comercialização dos produtos cultivados no campo e constituir uma rede de cooperativa funcional e adequadas às necessidades do mercado.
A feira comunitária visa igualmente fazer com que os camponeses possam mostrar as suas potencialidades com base nos produtos produzidos localmente.
O representante da povoação, Januário Ndeulinawa, em jeito de agradecimento, realçou que a infra-estrutura inaugurada constitui uma oportunidade ímpar para as comunidades de Bulunganga, sobretudo para os camponeses, em poder expor os seus produtos e conseguirem dinheiro que possa satisfazer as suas necessidades. O responsável mostrou-se satisfeito face às grandes realizações que o governo da província e as administrações municipais têm feito, com vista a melhorar, cada vez mais, as condições de vida das populações camponesas, nos domínios da saúde, educação, comércio e assistência social.
O governador do Cunene, António Didalelwa, que inaugurou a infra-estrutura, disse que o acto se insere nas comemorações das festas do Cunene e lembrou que este tipo de iniciativa vai ser extensivo a outras localidades da província, pelo que as administrações comunais foram orientadas a encontrarem espaços para a construção de feiras comunitárias, no âmbito do Programa de Combate Fome e à Pobreza e de modo a permitir que haja um desenvolvimento uniforme entre as regiões.
O governante apelou a participação da população no processo de reconstrução e desenvolvimento das zonas rurais. Antes, o governador deslocou-se à sede da comuna da Môngua, onde procedeu a inauguração do Palácio e um posto da Polícia.

Tempo

Multimédia