Províncias

Cada vez maior número de doentes no Hospital Geral

Dionísio David|Ondjiva

O Hospital Geral de Ondjiva, na província do Cunene, regista, nos últimos dias, um aumento considerável de doentes, em consequência da redução da frequência de angolanos à República da Namíbia, devido à desvalorização do  kwanza,  em relação ao dólar namibiano.

Hospital tem falta de médicos especialistas
Fotografia: Kindala Manuel

DIONISIO DAVID | Ondjiva

O Hospital Geral de Ondjiva, na província do Cunene, regista, nos últimos dias, um aumento considerável de doentes, em consequência da redução da frequência de angolanos à República da Namíbia, devido à desvalorização do  kwanza,  em relação ao dólar namibiano.
A preocupação foi manifestada pelo director-geral da instituição, Fernando Somongula, durante a visita do governador provincial Kundi Paihama àquela unidade hospitalar Com capacidade para 250 camas, o hospital debate-se com a falta de verbas e especialistas para diferentes áreas, para o seu normal funcionamento. />Neste momento a unidade está a receber obras de reabilitação e ampliação a cargo da empresa CFRL, que permitiu a intervenção de três naves, cuja conclusão está prevista para Dezembro deste ano, disse o encarregado da obras Victor Borges.
O governador do Cunene, Kundi Paihama, tomou nota das preocupações apresentadas relativas ao funcionamento do hospital geral de Ondjiva e garantiu que a prioridade vai para as necessidades mais urgentes.
Em relação à falta de especialistas no hospital geral de Ondjiva, o governador disse que, apesar do processo de formação levar muito tempo, tudo vai ser feito no quadro dos programas existentes.

Tempo

Multimédia