Províncias

Casa da juventude de Ondjiva vai ser inaugurada já este ano

Elautério Silupuleni |Ondjiva

 A Casa da Juventude de Ondjiva, que está a ser construída no âmbito do programa “Angola Jovem”, é inaugurada no segundo trimestre deste ano, anunciou o chefe do departamento para Juventude da Direcção Provincial da Juventude e Desportos.

Para além de áreas de laser a casa da juventude vai ter centro de aconselhamento sobre sida
Fotografia: Venâncio Amaral

 A Casa da Juventude de Ondjiva, que está a ser construída no âmbito do programa “Angola Jovem”, é inaugurada no segundo trimestre deste ano, anunciou o chefe do departamento para Juventude da Direcção Provincial da Juventude e Desportos.
A casa, disse Atanânsio Ndiyandike, vai dispor de um centro de aconselhamento voluntário sobre HIV/Sida e outras doenças sexualmente transmissíveis, anfiteatro, duas salas de formação para gestores e animadores juvenis, biblioteca e pista de atletismo.
As obras dos centros comunitários da juventude nos municípios de Ombadja e Kahama, iniciadas em Maio de 2009, encontram-se em fase de conclusão.
Estes espaços têm salas de conferência, de exposições, de informática, de projecção de filmes, salões de beleza e bibliotecas. 
Os centros comunitários da juventude destinam-se à formação de jovens em várias especialidades de artes e ofícios.        As 72 casas sociais para jovens, que estão a ser construídas no bairro da Kassila, em Ondjiva, devem estar prontas no princípio do segundo semestre deste ano, decorrendo, desde Dezembro, o processo de candidaturas. Os candidatos têm de ter entre 23 e 35 anos e ocupação remunerada. Estão obrigados a apresentar, no acto da inscrição, declaração de rendimento, atestado de residência, comprovativos de agregado familiar e do serviço militar regularizado e cartão de contribuinte. Outras 20 casas estão a ser construídas no município de Ombadja e outras localidades.
Ao todo, 266 jovens empreendedores dos municípios do Kwanhama, Ombadja e Cahama, organizados em 56 cooperativas, beneficiaram da primeira fase de concessão de micro crédito para aquisição de instrumentos de trabalho para a sua implementação.
A segunda fase da concessão de micro crédito vai abranger os munícipes do Curoca e de Cuvelai.  

Tempo

Multimédia