Províncias

Centro de formação precisa de ampliação

Carlos Miguel|Ondjiva

O Centro de Formação Profissional de Ondjiva, na província do Cunene, carece de obras de reabilitação e ampliação, para melhorar a sua imagem e introduzir mais cursos.

São ministrados vários cursos de artes e ofícios na província do Cunene
Fotografia: Jornal de Angola

O Centro de Formação Profissional de Ondjiva, na província do Cunene, carece de obras de reabilitação e ampliação, para melhorar a sua imagem e introduzir mais cursos.
 De acordo com o director do centro, José Maria Ndala, a instituição já não responde à demanda. Por isso, precisa de mais espaço para abrir novos cursos.
Actualmente, são ministrados os cursos de alvenaria, carpintaria, serralharia e electricidade. O centro pretende introduzir no próximo ano outras especialidades, como agronomia, corte e costura, informática e pintura. Este ano, o centro de formação matriculou 238 alunos, dos quais 222 prosseguem a formação. As aulas começaram no dia 2 de Março e terminam a 18 de Novembro. A formação é assegurada por nove professores.
José Maria Ndala salientou a aplicação dos alunos em dominar as profissões que escolheram, o que faz com que o nível de aproveitamento seja positivo.
Nesta altura, os alunos têm sessões práticas em algumas empresas de Ondjiva, com destaque para a Empresa Nacional de Electricidade (ENE).
A escola está apetrechada com todos os equipamentos necessários para os cursos, facilitando o normal processo de aprendizagem.

Tempo

Multimédia