Províncias

Chuvas deixam bairros de Ondjiva sem energia

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Os bairros de Okakuluvale e uma parte de Okafitu, arredores de Ondjiva, estão privados de energia eléctrica, há quase uma semana, devido ao derrube de 12 postos da linha de transportes de energia, em consequência da chuva de granizo, acompanhada de forte ventos.

Restrições de energia devem-se ao derrube de 12 postos
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

O director do centro de produção de energia da Empresa Nacional de Distribuição de Energia (ENDE), no Cunene, Makumbundo Ngombo, avançou que a situação fez piorar os já constantes cortes de energia eléctrica que se registam, nos últimos dias, em vários bairros da cidade de Ondjiva, devido a avarias nos equipamentos.
O responsável garantiu que esforços estão a ser envidados para que a situação seja reposta o mais breve possível, daí apelar calma aos moradores das zonas afectadas.
Neste momento em que decorrem os trabalhos de recuperação dos meios, Makumbundo Ngombo disse que estão a ser feitas algumas restrições no fornecimento de energia, durante os períodos da manhã e da noite, em alguns bairros da cidade. />“Vamos continuar com as restrições até que sejam solucionado o problema. Não é o nosso desejo, mas temos que fornecer a energia em função das capacidades existentes. Por isso, não temos como satisfazer às exigências dos nossos consumidores, enquanto não for reposto os 12 postos”, disse.
O responsável provincial da ENDE revelou ainda que a chuva de domingo provocou igualmente danos no posto de média tensão, de 15 quilovolts, que abastece a
bombagem de água à localidade de Oipembembe.
Com esta situação, os moradores daquela circunscrição da província do Cunene ficaram privados do abastecimento de água potável.
A Direcção Provincial da ENDE, no Cunene, controla 16.700 clientes.

Tempo

Multimédia