Províncias

Chuvas torrenciais inundaram Ondjiva

Quinito Kanhameni| Ondjiva

A cidade de Ondjiva registou inundações devido à chuva que caiu durante a noite de sexta-feira para sábado. No primeiro balanço, as autoridades registaram 50 casas inundadas e muitas vias ficaram intransitáveis.

Chuvas causaram na semana passada estragos na província do Cunene
Fotografia: Elautério Silipuleni

A cidade de Ondjiva registou inundações devido à chuva que caiu durante a noite de sexta-feira para sábado. No primeiro balanço, as autoridades registaram 50 casas inundadas e muitas vias ficaram intransitáveis.
A chuva, que caiu intensamente toda noite, inundou casas e estabelecimentos comerciais, igrejas e deixou muitas vias rodoviárias e passagens para peões intransitáveis nos bairros Pioneiro Zeca, Bangula, Naipalala e Kashila, nos arredores de Ondjiva.
Ilda Venokanya, moradora no bairro Pioneiro Zeca, o mais afectado pelas inundações, disse à nossa reportagem que a sua casa foi invadida pela água e não conseguiu tirar nada do interior porque estava toda a gente a dormir e a família foi apanhada de surpresa. "Estão a decorrer obras na rua e o entulho impediu o escoamento das águas que acabaram por inundar muitas casas", explicou.
Ema Tutaleni, também moradora no bairro Pioneiro Zeca, confirmou que os trabalhos nas ruas do bairro ajudaram às inundações. Mas nas vias de acesso não há obras e está igualmente tudo inundado. A verdade é que choveu intensamente toda a noite, o que não é normal.
No bairro dos Castilhos as inundações não pouparam algumas instituições, como a Direcção Provincial das Edições Novembro, e arredores da Direcção de Saúde, na Rua Dr. António Agostinho Neto e antena da Unitel, no bairro Bangula, mas sem grande prejuízos.
A nossa reportagem percorreu várias artérias da cidade de Ondjiva e era notório o desespero das pessoas que retiravam água das suas casas com baldes e com moto bombas.
O estado de degradação em que se encontram algumas estradas intermunicipais e as vias de acesso à cidade de Ondjiva tem provocado dificuldades na circulação de pessoas e mercadorias. O cenário das ruas do bairro Pioneiro Zeca, arredores de Ondjiva, é de total destruição. Os buracos tomaram conta de tudo. Em tempo de chuva vem a lama e as águas estagnadas, o que dificulta a vida dos seus habitantes.
A degradação das vias também afectou a estrada que liga Ondjiva a Santa Clara. A via, para além de esburacada, é estreita e perigosa devido ao desgaste continuado das bermas. Cenário idêntico acontece com a estrada entre Ondjiva e Cuvelai, numa distância de 170 quilómetros.
 
Reabilitação das ruas

 
As ruas Angélica Tavares, Simione Mucune e Avenida 11 de Novembro, na cidade de Ondjiva, receberam novo tapete asfáltico, no âmbito do programa de reabilitação e recuperação das infra-estruturas destruídas pelas cheias nos últimos dois anos.
Os trabalhos consistiram na construção de valas de drenagem, substituição da faixa de rodagem e construção de aquedutos em betão para permitir o escoamento das águas pluviais.
Colocação de pavimento, instalação de separador central, paragens dos transportes públicos e passeios para peões são trabalhos realizados nas ruas de Ondjiva.

Tempo

Multimédia