Províncias

Combate à malária reforçado na região com testes rápidos

Adelaide Mualimusi | Santa Clara

Direcção Provincial do Cunene da Saúde e seus parceiros estão a realizar uma campanha de testes rápidos de malária no posto fronteiriço de Santa Clara, município de Namacunde.

A directora provincial da Organização Não Governamental “Trans-Cunene TKMI”, Emília Wime, uma das parceiras da Direcção da Saúde, disse que a campanha pretende testar perto de 450 mil pessoas de Santa Clara.
Para o êxito da campanha, estão envolvidos técnicos da Direcção provincial da Saúde, TKMI de Angola e da Namíbia, Forças Armadas Angolanas,  Polícia Nacional, Serviços de Migração e Estrangeiros e da Igreja Anglicana, disse Emília Wime.

Saneamento básico

Para se combater à malária, acrescentou, é necessário que haja um saneamento capaz de combater a falta de higiene individual e colectiva, que considerou ser ainda um dos grandes problemas para a área de saúde a nível das comunidades da região.
A campanha, enquadrada nas jornadas do dia 25 de Abril, Dia Mundial de Luta contra a Malária, vai se estender até aos municípios do Cuanhama e Cuvelai. Além das campanhas de limpeza foram programadas diversas actividades, como palestras.

Tempo

Multimédia