Províncias

Comunidades rurais pedem acesso à rádio e ao sinal de televisão

Dionísio David | Okalongo

Os habitantes da povoação de Kalonga, na província do Cunene, enfrentam dificuldades para comunicar com o resto do país, devido à falta dos sinais de rádio, televisão e de telefonia móvel.

Os sinais da Televisão Pública de Angola (TPA) e da telefonia são inexistentes na região, o que cria constrangimentos às populações e às autoridades tradicionais locais, dada a necessidade de comunicarem com as administrações municipais e comunais.
O soba Inácio Shekwanhena lançou ontem um apelo às entidades competentes para resolverem o problema. Em entrevista ao Jornal de Angola, reconheceu, por outro lado, o empenho das autoridades no combate à malária e outras endemias, com destaque para a criação de postos médicos e centros de saúde. />Em relação ao registo eleitoral, o soba lamentou o facto de haver ainda um considerável número de cidadãos sem Bilhete de Identidade e, por isso, apelou às entidades do governo provincial no sentido de acelerarem o processo de identificação, com realce para os jovens que completam 18 anos, para que possam, no próximo ano, exercer o seu direito de voto. 
O soba reconheceu que, apesar da situação alimentar ter melhorado, graças às boas colheitas registadas no ano agrícola findo, a falta de água continua a ser uma grande preocupação.

Tempo

Multimédia