Províncias

Criado núcleo de técnicos de diagnóstico e terapêutica

Um núcleo de técnicos de diagnóstico e terapêutica da província do Cunene foi empossado ontem, na cidade de Ondjiva, a fim de dar maior dinamismo ao sector e salvaguardar os interesses dos seus profissionais.

Técnicos de diagnóstico e terapêutica estão melhor organizados na província do Cunene
Fotografia: Jornal de Angola

Um núcleo de técnicos de diagnóstico e terapêutica da província do Cunene foi empossado ontem, na cidade de Ondjiva, a fim de dar maior dinamismo ao sector e salvaguardar os interesses dos seus profissionais.
O núcleo, empossado pelo presidente de mesa da assembleia-geral do Conselho Nacional dos Técnicos de Diagnóstico de Angola (CNTDTA), António Gomes, é composto por oito membros, com um secretário-geral, tesoureiros e vogais, além do presidente, Pedro Mendes.
O director provincial da Saúde no Cunene, Eleutério Hivilikua, ressaltou a importância do núcleo, uma vez que o órgão vai salvaguardar os interesses dos profissionais dentro do sector.
O director disse que os técnicos só resolvem os seus problemas se estiverem unidos, no sentido de fazerem valer a sua profissão. /> O presidente empossado, Pedro Mendes, prometeu trabalhar em parceria com a direcção da Saúde, visando o aperfeiçoamento e a valorização técnica, socioprofissional e cultural da classe.
Eleutério Hivilikua apontou a formação permanente em todos os níveis, sobretudo nas áreas de estomatologia, radiologia, farmácia e electro-medicina e a melhoria das condições de trabalho como os principais desafios que o CNTDTA defende em prol do profissional da saúde.
 O CNTDTA foi fundado em 26 de Outubro de 2005 em Luanda e pretende estender os serviços a todo o país, com representações nas províncias do Bengo, Moxico e Cunene. Está prevista para o próximo dia 26 deste mês a instalação de um núcleo na província do Bié.

Tempo

Multimédia