Províncias

Criadores são incentivados a fazerem vacinação do gado

Elautério Silipuleni | Otchinjau

O governador do Cunene incentivou, na comuna de Otchinjau, os criadores tradicionais de gado a cultivarem o hábito de levarem os seus animais à vacinação, de forma a prevenirem doenças contagiosas.

Na presente campanha de vacinação os técnicos preveêm vacinar milhares de animais
Fotografia: Venâncio Amaral

O governador António Didalelwa falava durante a abertura da campanha de vacinação de animais na província do Cunene.
Anunciou mais campanhas de sensibilização nas comunidades rurais, principalmente junto dos criadores tradicionais, para diminuir as doenças mais frequentes entre a população animal, como o carbúnculo ou dermatose, que têm sido as principais causas de morte de gado na província do Cunene. Alertou para a necessidade dos criadores de gado realizarem vacinações de rotina aos seus animais, mesmo sem notarem sintomas de qualquer enfermidade. O governador disse que os criadores não devem esperar pelas campanhas de vacinação de animais, mas criarem também o hábito de levar o gado às vacinas de rotina.
Na presente campanha aberta pelo governador na comuna de Otchinjau, com duração de 90 dias, está previsto vacinar 750 mil cabeças de gado e 15 mil cães.
Os serviços veterinários estão a desenvolver esforços no sentido de ajudar as populações das zonas rurais, sobretudo os pequenos criadores, a aderirem às campanhas de vacinação que decorrem na província, principalmente para os animais de grande porte.

Tempo

Multimédia