Províncias

Crianças de Onepolo já têm escola primária

Dionísio David | Namacunde

Mais de 240 alunos do ensino primário de Onepolo, Cunene, deixaram de estudar debaixo de árvores e passaram a ter aulas pela primeira vez numa escola construída de raiz, com quatro salas.

Mais crianças com acesso ao ensino
Fotografia: Domingos Cadência

O novo estabelecimento tem também gabinete administrativo e duas casas de banhos.
O administrador municipal de Namacunde, Apolo Ndinoulenga, que inaugurou a escola, disse que o Governo Provincial tem cumprido as obrigações, no âmbito do Programa de Combate à Pobreza e salientou esforços desenvolvidos para a rede escolar ser estendida ao longo da fronteira com a Namíbia para evitar que as crianças tenham de se deslocar àquele país para frequentar a escola
O director da nova escola prometeu que as instalações vão ser preservadas e salientou a importância da inauguração do primeiro estabelecimento escolar de construção definitiva.
António Salvador disse que o novo estabelecimento ajuda a combater o absentismo escolar e a diminuir o sofrimento de centenas de alunos, que ao longo de vários anos estudavam debaixo de árvores
O administrador do Namacunde disse estar preocupado com o elevado número de cidadãos que residem ao longo fronteira com a Namíbia sem Bilhete de Identidade ou outro documento que os identifique como angolanos.
Por causa disso, lamentou, muitas pessoas sentem dificuldades em atravessar a fronteira, quer para um lado, quer para outro.
Apolo Ndinoulenga incentivou as pessoas nessas condições a regularizarem a situação para poderem entrar e sair do país sem dificuldades, quer em passeio, quer em trabalho.

Tempo

Multimédia