Províncias

Cunene avisa a população para tratar água de consumo

Domingos Calucipa | Ondjiva

A Direcção Provincial das Águas do Cunene lançou, desde a semana passada, uma campanha de distribuição gratuita de meios para o tratamento da água às populações dos bairros da cidade de Ondjiva.

A Direcção Provincial das Águas do Cunene lançou, desde a semana passada, uma campanha de distribuição gratuita de meios para o tratamento da água às populações dos bairros da cidade de Ondjiva.
A campanha visa prevenir a cólera e as diarreias, provocadas pela ingestão de água contaminada, sobretudo com o surgimento das inundações. Segundo a responsável da secção de mobilização social da Direcção das Águas
no Cunene, Ana Maria Rita, o programa tem a parceria do Unicef e prevê distribuir, até ao dia 2 de Fevereiro, cerca de 2.300 baldes de vinte litros e igual número de filtros e bidões, além de comprimidos de desinfecção da água.
A responsável das Águas explicou que o processo de distribuição do líquido está a ser dirigida a famílias com dificuldades de acesso ao produto através dos sistemas de captação, concentradas nos centros de acolhimento dos sinistrados das cheias e de algumas zonas dos bairros Castilhos, Kashila, Naipalala e Kafitu. Referiu que, até ao momento, foram distribuídos metade dos meios e cada família recebeu um balde, um filtro, um bidão e cinco carteiras de comprimidos de purificação da água.
Ana Rita precisou ser no período das chuvas e das cheias que a população encontra dificuldades em adquirir água para consumir, por isso ela recorre às lagoas e cacimbas para resolver o problema.
Sublinhou que a água proveniente destes lugares não garante o mínimo de segurança à saúde humana, pelo que carece de tratamento antes de ser consumida.  “É por isso que pensamos nesta campanha proceder a distribuição de kits de saúde, com o objectivo de contribuir para a melhoria da qualidade da água de consumo”, disse.

Tempo

Multimédia