Províncias

Cunene com mais escolas

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O Governo Provincial vai construir 59 escolas do ensino primário e secundário até 2014, informou ontem, em Odjiva, o director provincial da Educação, Lúcio Ndinoite.

Professores que vão garantir o processo de ensino participaram numa acção formativa
Fotografia: Adelaide Mualimusi| Ondjiva

O Governo Provincial vai construir 59 escolas do ensino primário e secundário até 2014, informou ontem, em Odjiva, o director provincial da Educação, Lúcio Ndinoite.
Os municípios com mais crianças fora do sistema de ensino e a estudarem debaixo das árvores vão ser os mais beneficiados, tal como os municípios do Cuvelai e Curoca, mais distantes.
As escolas vão ter entre oito a 12 salas e das 59 previstas, duas vão ser contempladas com internatos. Para este ano, o Governo prevê a construção de uma escola especial de oito salas em Ondjiva, devido ao aumento de crianças com problemas de aprendizagem.
“Actualmente, a província conta apenas com uma escola de ensino especial, com duas salas, que suporta 250 alunos, o que obrigou a direcção da escola a montar tendas no pátio, para servir de salas de aulas”, referiu.
O Governo, segundo Lúcio Ndinoite,  perspectiva ainda a construção de uma escola de formação de professores, para formar profissionais para o primeiro ciclo.
Actualmente, a única escola de formação de professores existente pertence à Organização Não-Governamental ADPP, que vai passar a matricular apenas aqueles que seguem a carreira da docência, com excepção para os militares para, quando terminarem a vida militar, poderem integrar o professorado.

Tempo

Multimédia