Províncias

Cunene dispõe de condições aceitáveis para a hospedagem de muitos turistas

A província do Cunene dispõe de condições para o desenvolvimento do turismo a médio prazo, com uma capacidade de hospedagem de 588 quartos, assegurou sábado, em Ondjiva, o chefe do departamento local de Hotelaria e Turismo, João de Oliveira Pinho.

A província do Cunene para além de quartos dispõe de outras condições para o desenvolvimento do turismo a médio prazo
Fotografia: Jornal de Angola

A província do Cunene dispõe de condições para o desenvolvimento do turismo a médio prazo, com uma capacidade de hospedagem de 588 quartos, assegurou sábado, em Ondjiva, o chefe do departamento local de Hotelaria e Turismo, João de Oliveira Pinho.
Falando à Angop, a propósito do Dia Internacional do Turismo, que ontem se assinalou, adiantou que a localidade conta com 50 estabelecimentos, entre hotéis, motéis e pensões, com mil e trezentas camas.
João Pinho sublinhou que o Cunene tem registado um crescimento em unidades hoteleiras, pelo que neste momento assiste-se, na cidade de Ondjiva, à construção do primeiro hotel de quatro estrelas, com quatro pisos e 64 quartos. Obras do género acontecem no município de Namacunde, que faz fronteira com a República da Namíbia.
Adiantou que isso permite criar condições para o incentivo do turismo, envolvendo nestas acções outros atractivos ligados ao ramo, uma vez que actualmente muitos cidadãos de diferentes nacionalidades escalam Ondjiva.
Os mesmos chegam por via da fronteira Angola/Namíbia, ou pelo aeroporto da cidade capital.
O 27 de Setembro neste ano foi comemorado sob o lema “Turismo e biodiversidade”. A efeméride é celebrada desde 27 de Setembro de 1980. O Dia Mundial do Turismo foi estabelecido pela terceira conferência da Assembleia-geral da OMT, em Torremolinos (Espanha), em Setembro de 1979.

Tempo

Multimédia