Províncias

Cunene passa a dispor de novos professores

Ao todo, 64futuros professores estão a ser formados, desde Novembro de 2008, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, pela Escola de Formação de Professores do Futuro, adstrita à Organização Não Governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

Escola de Professore do Futuro da ADPP já formou centenas de quadros em diferentes regiões do país
Fotografia: Jornal de Angola

Ao todo, 64futuros professores estão a ser formados, desde Novembro de 2008, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, pela Escola de Formação de Professores do Futuro, adstrita à Organização Não Governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).
O docente e líder do projecto da ADPP 2008 no Cunene, Francisco Javela, disse que os cursos têm duração de dois anos e seis meses e que os formandos estudam em regime de internato.
 Os formandos têm a possibilidade de fazer estágios em diferentes escolas primárias, o que, frisou Francisco Javela, permite dotá-los de melhores conhecimentos para leccionarem nas zonas rurais.
 Numa primeira fase, afirmou, a ADPP no Cunene está a formar os futuros professores para as zonas rurais nos cursos de Ciências Sociais, Matemática e Língua Portuguesa.
 Francisco Javela realçou que, neste período de implantação do projecto no Cunene, os alunos têm aulas debaixo de árvores e ficam alojados em tendas provisórias, devido ao atraso das obras de construção das instalações definitivas do internato, que está a ser erguido no local.
 
As obras devem estar concluídas em dois meses.
 
De acordo com o projecto, a Escola de Formação de Professores do Futuro da ADPP tem oito salas de aulas, com capacidade para 35 alunos cada e um internato para 120 formandos
 A parceria entre o Ministério da Educação e a ADPP foi responsável pela formação de 2.572 professores do ensino primário, que trabalham em diferentes localidades do meio rural e suburbano.
 Além de formar professores, a ADPP realiza outros projectos nas áreas de educação, saúde, cultura, agricultura, comércio, meio ambiente, assistência social e formação profissional.

Tempo

Multimédia