Províncias

Cunene promove inquérito para avaliar sector de ensino

Dionisio David| Ondjiva

Um inquérito para avaliar a qualidade do ensino no Cunene é realizado desde o  dia 3 pela Direcção Provincial do Cunene da Educação, em parceria com os institutos locais de Estatística e de Formação Profissional, disse, ontem, ao Jornal de Angola,  Alberto Chinguenje, um dos responsáveis da Educação na província do Cunene envolvidos  no processo.

Objectivo das autoridades é melhorar a qualidade do processo de ensino e aprendizagem
Fotografia: Domingos Cadência

O inquérito pretende avaliar os resultados da reforma educativa no Cunene, informou Alberto Chinguenje, que acrescentou  que nesta primeira fase estão abrangidos pelo processo de avaliação e inquérito as instituições e quadros do sector da Educação, mormente professores do ensino primário e do primeiro e segundo ciclos do ensino secundário. O processo contempla também alunos finalistas do ensino geral até à 12.ª classe e os alunos do ensino profissional, correspondente à 13.ª classe, com o objectivo de avaliar o grau de aprendizagem, qualidade e o nível de conhecimentos conseguidos, explicou Alberto Chinguenje . “A eficiência do ensino no país passa acima de tudo pela qualidade dos professores e pela capacidade de gestão dos directores das escolas, incluindo a inspecção escolar”.
Os gestores escolares e professores nos diferentes níveis e de todas as escolas existentes na província vão igualmente ser objecto de avaliação, disse Alberto Chinguenje, que concluiu: “Os órgãos da Comunicação Social, da Saúde e empresas hoteleiras sedeadas na província do Cunene fazem parte do processo de avaliação e de inquérito sobre a reforma educativa e a qualidade do ensino”.

Tempo

Multimédia