Províncias

Destacadas as potencialidades agrícolas

Dionísio David| Calueque

O chefe do gabinete de estudos, planeamento e estatística da Administração Municipal de Ombadja, Faustino Wakusanga, defendeu a exploração das potencialidades agrícolas da região de Calueque, nas margens do rio Cunene, para o desenvolvimento da província.

Vários projectos agrícolas vão ser desenvolvidos na região a partir deste ano sobretudo os ligados à produção de cana-de-açúcar
Fotografia: AFP

Faustino Wakusanga reagia, assim, à iniciativa do Governo Provincial do Cunene para o lançamento de vários projectos agrícolas a partir deste ano em Calueque, sobretudo os ligados à produção de cana-de-açúcar.
Faustino Wakusanga reconheceu que uma melhor exploração das potencialidades económicas da comuna de Naulila vai acelerar o desenvolvimento sustentável do
município e ressaltou a reabilitação da estrada a partir da vila e a conclusão da barragem hídrica local. “A conclusão da barragem hidroeléctrica de Calueque vai trazer ganhos significativos para a agricultura como recurso ao sistema de regadio.”
O chefe do gabinete de estudos, planeamento e estatística da Administração Municipal de Ombadja revelou que a localidade possui 11 associações com  286 camponeses que trabalham numa  área de 710 hectares, dos quais 510 de regadio para a produção de hortícolas, fruta, batata-doce e cereais, que rondam as 3.435 toneladas por ano.
Faustino Wakusanga disse que em Calueque estão instaladas duas fazendas de grandes dimensões, uma das quais, a Oshietekela, com 7.000 hectares, 100 dos quais de regadio com uma média de produção anual de duas mil toneladas de hortícolas e cereais.
Segundo Faustino Wakusanga, a barragem de Calueque vai permitir alargar a água de regadio para mais de 10.000 hectares de cultivo e beneficiar, também, a execução do projecto de produção de cana-de-açúcar na zona.
O chefe do gabinete de estudos, planeamento estatística da Administração Municipal de Ombadja destacou as potencialidades pecuárias da região fronteiriça de Naulila, com um efectivo de cerca de 38.800 cabeças de gado bovino, 142.000 caprinos e 7.000 ovinos. Naulila possui cinco cooperativas de pescadores e as capturas de pescado rondam as quatro toneladas por ano, segundo Faustino Wakusanga.

PAPAGRO

O município de Ombadja, Cunene, é um dos pioneiros do programa de comercialização dos produtos agrícolas e pecuários, PAPAGRO, na província do Cunene, com uma oferta bastante diversificada de bens e uma considerável adesão dos agricultores, segundo o chefe do gabinete de estudos, planeamento e estatística da Administração Municipla de Ombadja.
Desde o início do Papagro já foram comercializados mais de 15.000 quilos de fuba de milho, 14.000 toneladas de massango e outros produtos, como tomate, cebola e melancia, explicou Faustino Wakusanga.

Tempo

Multimédia