Províncias

Destruídos centenas de campos agrícolas

Em consequência das cheias verificadas na região, desde o princípio do mês já ficaram destruídos 425 campos agrícolas no município do Cuvelai e na comuna de Evale, (província do Cunene).

Para além da inundação de campos agrícolas as cheias destruíram muitas moradias
Fotografia: VenÂncio Amaral

Em consequência das cheias verificadas na região, desde o princípio do mês já ficaram destruídos 425 campos agrícolas no município do Cuvelai e na comuna de Evale, (província do Cunene).
Segundo o coordenador executivo da Comissão de Protecção Civil na província, Joaquim Domingos, que falava terça-feira à Angop, a situação é preocupante, porque os camponeses viram as suas culturas destruídas pela chuva, comprometendo o presente campanha agrícola. A destruição dos campos, frisou, irá prejudicar muitas famílias camponesas que têm a agricultura como meio de subsistência, podendo causar penúria alimentar nestas regiões. Joaquim Domingos disse ainda que o governo local está a trabalhar no sentido de assistir os camponeses para minimizar a carência de bens. 
Este é o terceiro ano consecutivo em que há cheias no Cunene. A situação é mais crítica no município do Cuvelai, onde a circulação rodoviária com a cidade do Ondjiva esteve  interrompida.
 As inundações afectaram mais de 12 mil cidadãos, 5.805 alunos estão sem aulas e diversas casas estão destruídas.

Tempo

Multimédia