Províncias

Direcção da Saúde promove campanha

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O director da Saúde no Cunene, Elautério Hivilikwa, disse na terça-feira, em Ondjiva, que este ano a instituição que dirige vai redobrar as acções de sensibilização junto dos munícipes, para aderirem às campanhas de doação voluntária de sangue às unidades sanitárias.

O director da Saúde no Cunene, Elautério Hivilikwa, disse na terça-feira, em Ondjiva, que este ano a instituição que dirige vai redobrar as acções de sensibilização junto dos munícipes, para aderirem às campanhas de doação voluntária de sangue às unidades sanitárias, para manter o funcionamento do Centro de Hemoterapia da região.
De acordo com o responsável, os trabalhos vão ser desenvolvidos em instituições estatais, privadas, igrejas, escolas e noutros centros de maior concentração populacional da província do Cunene, para que as pessoas desenvolvam o hábito de doar sangue.

Mortalidade infantil

Elautério Hivilikwa disse que, entre outras apostas do sector que dirige se incluem as consultas em ambulatório e de pré-natal em todas as comunas dos seis municípios que compõem a província do Cunene, para reduzir as taxas de mortalidade infantil.
O director provincial da Saúde afirmou que, por falta de dadores, o hospital de Ondjiva, nos últimos anos, beneficia de sangue doado por familiares de doentes e alguns fiéis de instituições religiosas. “A quantidade que tem sido doada é insuficiente para cobrir a procura”, disse o director provincial da Saúde.

Tempo

Multimédia