Províncias

Doenças psíquicas melhor atendidas

A província do Cunene vai ter, em 2018, serviços hospitalares de atendimento a doenças do foro psiquiátrico, disse ontem, em Ondjiva, o director provincial da Saúde.

Mendes Esteves sublinhou ontem que é aposta do Governo local no próximo ano ter uma unidade sanitária especializada no atendimento a casos de doenças mentais.
Mendes Esteves informou que a província do Cunene controla, neste momento, 31 doentes identificados com problemas de esquizofrenia e neurológicos, que têm atendimento nas unidades de medicina geral, por falta de uma unidade específica para o tratamento de doenças do foro psiquiátrico.
Mendes Esteves pediu igualmente para que cada pessoa seja um activista no combate ao estigma e à exclusão social, com iniciativas locais, programas nacionais, legislação específica e educação da comunidade, de forma a permitir modificar a atitude social e a melhorar a consciência pública acerca desta doença.
"As principais causas de doenças mentais em Angola são o abuso do álcool e das drogas, perturbações emocionais (humor, stress e depressão), esquizofrenia, traumas, conflitos familiares, sociais e laborais que devem ser protelados com acções de sensibilização."
Por isso, apelou às famílias para o reforço da educação dos filhos, primando pelo diálogo permanente.
O Dia Mundial da Saúde Mental é comemorado a 10 de Outubro e foi celebrado pela primeira vez em 1992 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com a subscrição de 150 países.

Tempo

Multimédia