Províncias

Doenças respiratórias com milhares de casos

Um total de 5.316 casos de doenças respiratórias agudas foi registado em 2013, no município de Ombadja, província do Cunene, informou o director municipal em exercício da Saúde.

As autoridades locais desenvolvem esforços para reduzir os índices de mortalidade
Fotografia: Jornal de Angola

João Baptista Bimbi adiantou que estas doenças, que não provocaram mortes, atingiram maioritariamente crianças com menos de cinco anos, nas cinco comunas que compõem o município.
No período em causa, as autoridades sanitárias locais registaram 3.307 casos de doenças diarreicas agudas, 2.399 de malária, 1.417 bronquites, 409 conjuntivites, 153 pneumonias, 256 gripes, 63 ferimentos, 34 casos de má nutrição e 22 de tuberculose.
O sector da Saúde tem estado a intensificar programas de sensibilização sobre cuidados primários nas comunidades, para o reforço das práticas preventivas sanitárias, através de métodos simples relacionados com higienização e tratamento do lixo. Durante o período em análise, foram atendidas, nos serviços de consultas pré-natais, 2.120 grávidas, 2.012 nos centros de aconselhamento e testagem voluntária, que resultaram em três casos positivos, enquanto 1.331 crianças apanharam a vacina contra o tétano.
O Programa Alargado de Vacinação (PAV), no município de Ombadja, vacinou 3.962 crianças contra a BCG, pólio, pentavalente, sarampo, febre-amarela, vitamina A e vacina antitetânica.
O sector da Saúde conta com dois hospitais, 14 centros médicos e 21 postos de saúde em Ombadja, um município com cinco comunas e 56 aldeias. A sua população está estimada em 183.206 habitantes, na sua maioria camponeses.

Tempo

Multimédia