Províncias

Educação e Saúde continuam a registar crescimento notável

Dionísio David | Namacunde

Os sectores da Educação e da Saúde em Namacunde registaram um crescimento significativo nos 13 anos de paz, disse ao Jornal de Angola o administrador municipal.

Apolo Ndinoulenga recordou que há dez anos o município tinha falta de escolas, o que fazia que mais de 30 mil alunos tivessem aulas debaixo de árvores e optassem por estudar na Namíbia. Hoje, referiu, o cenário é completamente diferente devido à construção de escolas em todas as localidades, incluindo as que se situam ao longo da fronteira, o que fez que regressassem os alunos que estudavam na Namíbia e até já crianças daquele país a frequentar as aulas no município.
Quanto ao sector da Saúde, salientou que também regista melhorias significativas, com a construção e reabilitação de centros e postos de saúde.

Tempo

Multimédia