Províncias

Engenhos explosivos destruídos no Cunene

Domingos Calucipa|Ondjiva

O Instituto Nacional de Desminagem (INAD) destruiu, na quinta-feira, na localidade de Okafuka, arredores da cidade de Ondjiva, 232 engenhos explosivos não detonados recolhidos em vários bairros da capital da província.

O Instituto Nacional de Desminagem (INAD) destruiu, na quinta-feira, na localidade de Okafuka, arredores da cidade de Ondjiva, 232 engenhos explosivos não detonados recolhidos em vários bairros da capital da província.
Do material destruído faziam parte 160 cargas reforçadoras, 11 projécteis de morteiros de 82, de 75 e de 60 milímetros, dois rocket de PG-7 e sete granadas, quatro de 40 mm, duas F1 e uma anti tanque. Uma arma do tipo G3, um motor roket de BM-21, uma munição de ZU-23, uma cabeça combativa de morteiro de 82 mm, 47 munições e um carregador de AKM foram também destruídos.
“Muitos populares encontraram os engenhos ao abrirem cacimbas ou fossas nos seus quintais e comunicaram de imediato às autoridades”, disse Fernando Raimundo, responsável do INAD.

Tempo

Multimédia