Províncias

Escola necessita melhorar condições

A directora provincial da escola do ensino especial Rainha Nekoto, Ana Cunha Miguel, disse na segunda-feira, em Ondjiva, que aquela instituição necessita de um centro de diagnóstico para alunos portadores de deficiência, para o seu encaminhamento psicológico e médico.

A directora provincial da escola do ensino especial Rainha Nekoto, Ana Cunha Miguel, disse na segunda-feira, em Ondjiva, que aquela instituição necessita de um centro de diagnóstico para alunos portadores de deficiência, para o seu encaminhamento psicológico e médico.
Além disso, referiu também ser necessária uma sala de atendimento educacional especializado, campo para educação física, rampa de acesso e a formação de professores em aulas auditivas, uma vez que não é fácil ensinar um aluno surdo-mudo, pelo facto de ser imprevisível, dado o seu estado emocional. “O atendimento educacional especial para os alunos vulneráveis ou com deficiências físicas elevadas dependem de professores capazes, dotados de conhecimentos específicos, com especializações nas áreas do saber, para melhorar a aprendizagem destes”, frisou. Por isso, a formação deve abordar disciplinas, como noções de informática, supervisão pedagógica, educação especial, administração e gestão escolar, exercícios práticos de avaliação do aluno deficiente, noções preliminares de matemática, entre outros.

Tempo

Multimédia