Províncias

Escola de formação de professores em funcionamento

Uma instituição de formação de professores do ensino primário foi inaugurada sábado no município do Cuvelai, província do Cunene, com vista a dar resposta à falta de quadros qualificados no ensino de base.


O  director municipal da Educação do Cuvelai, Daniel Ndutifa, que fez o anúncio, disse que a instituição anexa ao Magistério Primário de Namacunde  tem a capacidade para receber135 alunos, distribuídos por três turnos.
Daniel Ndutifa referiu que a iniciativa da Direcção Provincial da Educação visa aumentar as qualificações dos docentes, para cumprirem melhor a sua missão de ensinar.
"Este ano estamos apostados em dotar os professores de competências e habilidades que permitem um ensino de qualidade, através das Zonas de Influência Pedagógicas que estão a trabalhar directamente com as escolas primárias, para a solução dos problemas que venham a ocorrer”, afirmou.
O director municipal explicou que o professor joga um papel importante na formação pedagógica e, por isso, deve estar bem preparado para levar às comunidades um ensino de qualidade.

 Cunene

A 2ª assembleia provincial ordinária de balanço e renovação de mandatos do Sindicato dos Professores do Cunene reconduziu sábado Augusto Baptista no cargo de secretário provincial para um mandato de quatro anos.
O representante do director provincial da Educação do Cunene,  Ambrósio de Lemos, definiu o SINPROF como órgão do sector da Educação que ajuda o governo a resolver os  problemas do professor.
Ambrósio de Lemos disse esperar que o secretariado eleito dirija da melhor forma o sindicato, em colaboração com os colegas de profissão a todos os níveis.
A secretária-geral do SINPROF, Hermínia do Nascimento, elogiou o sector da Educação a nível da província, mas assinalou que ainda têm de ser dados passos para melhorar as condições de trabalho e os salários dos professores.
Hermínia do Nascimento apelou aos professores a darem o seu melhor na actividade profissional, bem como a apostarem na formação pedagógica.

Tempo

Multimédia