Províncias

Escola Politécnica vai ter mais cursos

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

O reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, Viriato Gaspar Gonçalves, anunciou na terça-feira, em Ondjiva, a abertura, nos próximos tempos, de mais cursos e duplicar o número de salas de aula na Escola Superior Politécnica de Ondjiva.
 

Jovens que terminaram curso técnico profissional em Ondjiva
Fotografia: Casimiro José| Ondjiva

O reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, Viriato Gaspar Gonçalves, anunciou na terça-feira, em Ondjiva, a abertura, nos próximos tempos, de mais cursos e duplicar o número de salas de aula na Escola Superior Politécnica de Ondjiva.
Viriato Gonçalves esclareceu que a instituição vai aumentar o número de salas, passando de sete para 14, o que vai permitir a introdução dos cursos de Matemática, Psicologia e outros a determinar pela direcção universitária. Actualmente, a instituição dispõe de quatro cursos, nomeadamente Agronomia, Biologia, Enfermagem e Laboratório Clínico.
Viriato Gonçalves afirmou-se satisfeito com as aulas práticas que estão a ser ministradas no curso de Agronomia, na fazenda Armandão, município de Ombadja. No seu primeiro dia de trabalho, o reitor esteve na localidade de Omufito Unene, arredores de Ondjiva, onde vive uma família com má formação congénita, e prometeu levar o caso à instituição que dirige para, em parceria com os docentes cubanos na área de medicina, ser realizado um estudo genético para se determinarem as causas da doença.
Durante a sua permanência na província do Cunene visitou o Instituto Médio de Administração e Gestão de Ondjiva, a escola EIFFEL de Ondjiva e o local onde vão ser erguidas as futuras instalações do campus universitário.
O responsável visitou o Hospital Geral de Ondjiva durante o qual acompanhou as aulas práticas dos estudantes dos cursos de Enfermagem e de Laboratório Clínico.            

Tempo

Multimédia