Províncias

Escolas encerradas por falta de professores

Elautério Silipuleni | Oshimolo

Um total de 15 escolas do ensino primário da comuna de Oshimolo, no município do Cuanhama, província do Cunene, que albergavam 3.374 alunos, estão encerradas por falta de professores, segundo o administrador comunal, Amadeu Hidissange.

Na região ainda existem centenas de crianças a estudar em capelas e debaixo de árvores
Fotografia: Edições Novembro

O administrador de Oshimolo disse ao Jornal de Angola que as escolas encerradas são das localidades de Okalwa, Ondova, Yonde, Oshigandu e Oshitando.

Sem precisar o número de professores enquadrados na comuna, Amadeu Hidissange disse que os colocados nas referidas escolas furtam-se a dar aulas, alegando a distância de mais de 120 quilómetros, que têm de percorrer desde a capital da província, e as péssimas condições de habitabilidade. Amadeu Hidissange indicou a falta de residências e de agências bancárias como os principais factores que influenciam a ausência dos professores nos locais de trabalho.
“A maioria dos professores que lecciona na comuna reside na sede da província, ausentando-se sempre por falta de condições condignas de habitabilidade”.
“No geral, temos 3.374 crianças do ensino primário fora do sistema de ensino, por falta de professores”, adiantou o administrador, explicando haver necessidade de enquadrar mais docentes na região.
Amadeu Hidissange frisou que medidas estão a ser tomadas para se evitar o encerramento de mais escolas, defendendo o recrutamento de professores locais. Outra situação que preocupa o administrador da comuna de Oshimolo é o número de alunos que estudam ao relento, debaixo de árvores e em pátios de residências, por insuficiência de infra-estruturas escolares na localidade.
“A actual situação prejudica o processo de ensino e aprendizagem, visto que, enquanto o professor explica a matéria, muitos alunos ficam distraídos, a observar objectos, pássaros, animais e outros movimentos ao seu redor”, sublinhou Amadeu Hidissange, que afirmou que na época chuvosa os alunos dificilmente têm aulas.
A comuna do Oshimolo localiza-se a 129 quilómetros a sudoeste da cidade de Ondjiva, capital do Cunene, e conta com 16.717 habitantes, distribuídos em seis aldeias.

Tempo

Multimédia