Províncias

Exigida ética no tratamento dos pacientes

Adelaide Mualimusi| Ondjiva

Enfermeiros de várias unidades sanitárias do Cunene participaram, em Ondjiva, numa palestra sobre ética, humanismo e profissionalismo.
O orador, Paulo Luvualo, da Ordem dos Enfermeiros, salientou que a ética, o humanismo e o profissionalismo devem respeitados na relação do dia-a-dia do enfermeiro com o paciente.

A enfermagem, como profissão dedicada à vida,  ao humanismo e ao respeito, referiu, devem ser os valores essenciais no exercício da actividade
Paulo Luvualo declarou que se registam melhorias nas condições sociais e de trabalho dos enfermeiros no atendimento ao público.
 “Se há condições de trabalho, temos de observar a ética e o profissionalismo no exercício da nossa profissão que por ser um sacerdócio exige que demos tratamento humano aos pacientes”, disse.
O responsável recordou que um país de homens saudáveisé feito de ética e humanismo no tratamento do próximo.

Tempo

Multimédia