Províncias

Falta de chuvas compromete as colheitas

Elautério Silipuleni | Cahama

A falta de chuvas que se regista nos últimos meses está a comprometer a colheita de milho, massango, massambala, feijão e outros cereais no município da Cahama, a 202 quilómetros da cidade de Ondjiva, situação que preocupa a administração municipal e os camponeses da circunscrição, constatou o Jornal de Angola.

Os camponeses dizem estar apreensivos
Fotografia: Venâncio Amaral

Camponeses do Município da Cahama disseram que nas lavras familiares as plantações estão a secar. Para o administrador municipal da Cahama, Lopo Bravo da Costa “Chachado”, caso persista a situação, a colheita dos cereais vai estar comprometida e a crise alimentar pode voltar a assolar a população.
O administrador acrescentou que os homens do campo lançaram as sementes em tempo oportuno, mas as condições climatéricas estão a impedir o desenvolvimento das culturas.
Lopo Bravo da Costa adiantou que a falta de chuvas pode comprometer a campanha agrícola 2014-2015, visto que as sementes já  foram lançadas à terra. “Estamos esperançados em que a qualquer momento possa começar a chover com regularidade, mas a colheita não é a desejada pelos camponeses do município”, acrescentou.
Para o administrador, a situação começa a preocupar as autoridades, porque caso não chova nos próximos dias todas as culturas correm o risco de se perder, o que pode causar o surgimento da fome como nos anos anteriores. A previsão de colheita para a campanha agrícola 2014-2015 no município é de mais de 300 mil toneladas de produtos diversos.
No Município da Cahama, a­lém de massango, massambala, milho e feijão, os camponeses dedicam-se também à produção de batata, abóbora, mandioca e hortícolas.

Tempo

Multimédia