Províncias

Falta de fármacos e avaria de aparelhos impedem funcionamento do hospital

Os serviços de raio-x e de tomografia axial computorizado (TAC) do Hospital Geral de Ondjiva, na província do Cunene, estão paralisados há mais de um ano, devido a uma avaria que se regista nos equipamentos, criando transtornos aos técnicos de saúde e pacientes.

A informação foi prestada no final de semana, pelo director daquela unidade hospitalar, Fernando Komongula, acrescentando que o hospital está a enfrentar inúmeras dificuldades para atender pacientes, sobretudo os que padecem de problemas que carecem de exames dos referidos aparelhos, bem como a falta de fármacos.Segundo Fernando Komongula, devido à avaria dos aparelhos, os pacientes são obrigados a procurar as clínicas da cidade de Ondjiva ou recorrer à vizinha República da Namíbia.

Tempo

Multimédia