Províncias

Farmácia e centro inaugurados no Môngua

Adelaide Mualimusi | Ondjiva

Os habitantes da comuna da Môngua, no município do Cuanhama, têm ao seu dispor, desde quinta-feira, uma farmácia veterinária e um centro de saúde, inaugurados pelo vice-governador, Nascimento Veyelenge.

Centro de saúde dispõe de vários serviços de atendimento aos pacientes e está bem equipado
Fotografia: Mualimus | Ondjiva

A farmácia, localizada na sede da comuna, está apetrechada com medicamentos destinados aos criadores de gado, para poderem tratar as doenças que têm afectado as suas manadas.
 O centro de saúde, construído na localidade de Mucuamute, foi inaugurado no âmbito das comemorações do 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional.
O vice-governador para o sector Político e Social, José Veyelenge, realçou que com a farmácia veterinária, o Governo do Cunene pretende resolver os problemas vividos pela população e relação à saúde animal.
José Veyelenge destacou o potencial do gado que a província possui e referiu que a farmácia veterinária vai facilitar a aquisição, por parte dos criadores, de medicamentos destinados a dar resposta a parte dos problemas pecuários na região.
“A abertura da farmácia na comuna é um valor acrescentado, pois vai reduzir a constante procura de medicamentos pelos criadores de gado”, disse o vice-governador para o sector Político e Social, que admitiu haver agora condições favoráveis para conter várias doenças, que têm matado muitos animais na província.
Construída através do fundo do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza, a farmácia custou cinco milhões de kwanzas. O centro de saúde, orçado em pouco mais de 23 milhões, dispõe de um banco de urgência, enfermaria, sala pré-natal e de partos, área destinada ao Programa Alargado de Vacinação, farmácia e depósito, pediatria e gabinetes.

Tempo

Multimédia