Províncias

Feira da Saúde em Ondjiva assiste milhares de pessoas

Adelaide Mualimusi| Ondjiva

Pelo menos, 1.100 habitantes de bairros da cidade de Ondjiva, na província do Cunene, beneficiaram ontem de consultas médicas gratuitas nas mais diversas especialidades, durante a primeira Feira da Saúde, promovida pela operadora de telefonia móvel Unitel.

Médicos dão assistência gratuita a milhares de habitantes nas diversas especialidades
Fotografia: Paulo Mulaza|Edições Novembro

Durante o evento, que iniciou por volta das 9 horas e só terminou ao cair da noite, foram realizados rastreios de hipertensão arterial, testes de VIH/Sida e passadas informações sobre nutrição.
Foram igualmente distribuídos mosquiteiros gratuitos a crianças e a mulheres grávidas e folhetos que contêm informações de prevenção de várias doenças.
Para prestar assistências a milhares de pessoas que ali acorreram, a operadora de telefonia levou para a feira um total de 26 médicos de distintas especialidades, com realce para as áreas de medicina geral, cardiologia, oncologia, urologia, ginecologia, obstetrícia e cirurgia.
A feira, que decorreu na Escola Superior Politécnica de Ondjiva, sob o lema “Educar para a promoção da saúde e prevenção de doenças”, enquadra-se na estratégia de responsabilidade social da operadora telefónica, contribuição para a melhoria da qualidade de vida da população e disseminação de conhecimentos sobre um conjunto de indicadores frequentemente associados a diferentes patologias.
O evento foi co-organizado com o Ministério da Saúde e contou com a parceria do Governo Provincial do Cunene, Instituto de Emergências Médicas (Inema) da Huíla, Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, Cruz Vermelha, Unicef e da organização não governamental Tekmai.
O chefe do departamento da saúde da Unitel,Telmo dos Santos, disse que a Feira da Saúde é realizada, desde 2015, sendo que, neste ano, a Unitel mantém esta iniciativa, reforçando o seu empenho em contribuir para a melhoria das condições de vida das comunidades, com foco na educação para a saúde.
O administrador do município do Cuanhama, Gonçalves Namweya, disse que a promoção da actividade, em Ondjiva, representa um reforço das acções levadas a cabo no domínio da saúde pública e a consolidação dos conhecimentos da população para a prevenção de doenças oportunistas.

Tempo

Multimédia