Províncias

Foram criados no Cunene mais emprego

Na província do Cunene foram criados, durante o ano de 2009, 3.750 novos postos de trabalho pela Direcção Provincial da Administração Pública Emprego e Segurança Social (Mapess).

Na província do Cunene foram criados, durante o ano de 2009, 3.750 novos postos de trabalho pela Direcção Provincial da Administração Pública Emprego e Segurança Social (Mapess), informou ontem à Angop o director provincial da Instituição, Oliveira Albino da Cruz.
De acordo com o responsável, que procedia ao balanço anual, este número é satisfatório e o sector que mais se revelou foi o privado, com destaque para as empresas de construção civil.
Na sua opinião, o ano de 2009 foi frutífero por terem surgido novas empresas nos sectores dos transportes, obras públicas, comércio, hotelaria e turismo, agricultura e pequenas indústrias.
Quanto à segurança social, referiu que o sector melhorou a prestação de serviços aos pensionistas e segurados, com um controlo de 737 dos quais 443 de reforma normal, 264 de sobrevivência, 28 abono de velhice e dois por invalidez.
Oliveira Albino da Cruz afirmou que, durante o período em causa, foram realizadas 198 inspecções, durante as quais se constataram 674 infracções, em desobediência ao pagamento do salário mínimo, do subsídio de férias, falta de higiene, segurança, contratos de trabalho e outros.
Em 2009 os efectivos estiveram envolvidos em actividades de inspecção e assessoria técnico-jurídica às empresas, de forma a transformar os postos de trabalho em lugares mais seguros, regularizar o vínculo jurídico e promover a proporcionalidade entre a categoria do funcionário e o salário.

Tempo

Multimédia