Províncias

Formação de responsáveis dos municípios e comunas

Elautério Silipuleni | Ondjiva

Chefes de repartição municipais, administradores comunais adjuntos, técnicos e quadros da administração municipal do Cuanhama, na província do Cunene, estão melhor preparados em matéria de recursos humanos.

A formação, enquadrada no programa de capacitação de quadros e agentes da administração local do Estado, para a ano de 2013, promovido pelo Instituto de Formação e Administração Local (IFAL), visou dotar os responsáveis municipais e comunais de conhecimentos teóricos e práticos ligados a gestão de recursos humanos e técnicas administrativas.
O formador do IFAL, Narciso Nhanga Kafuma, disse que a acção formativa visou capacitar os funcionários e os agentes da administração local, no quadro da descentralização dos serviços públicos, tendo destacado a importância desta formação para melhorar a qualidade de prestação de serviços, por parte dos funcionários da administração pública.
Os temas agendados para o seminário, referiu, estiveram relacionados com a função pública, realçando que o IFAL tem vindo a realizar acções formativas do género em todas as províncias do país. O chefe de repartição municipal do estudo e planeamento, Miguel Mutumata, destacou que o seminário permitiu o aumento de conhecimentos e a troca de experiências sobre a gestão dos recursos humanos e técnicas administrativas.
O responsável considerou que a acção formativa constitui uns dos instrumentos importantes do Governo na capacitação dos quadros, com vista a melhoria dos serviços públicos. Sublinhou que o processo de descentralização vai ocorrendo de forma paulatina, necessitando cada município de ter os seus técnicos bem formados para que possam corresponder às expectativas.
Adiantou que os quadros devem estar disponíveis para desenvolver as suas actividades em qualquer localidade, por isso, o Estado tem que criar as condições necessárias para que os mesmos possam trabalhar nessas localidades.
De igual modo, solicitou aos participantes que se apliquem e tirem proveito dos conhecimentos adquiridos.
Durante os cinco dias, os participantes foram ainda esclarecidos, entre outros temas, sobre “As organizações e a sua importância na sociedade”, “a reforma da administração pública”, “o servidor público”, “factor crítico para o desenvolvimento e implementação eficiente” e “ eficaz e efectivo das políticas públicas”.

Tempo

Multimédia