Províncias

Fundação Lwini doa bens aos deficientes

Elautério Silipulene | Ondjiva

 A Fundação Lwini procedeu ontem, em Ondjiva, província do Cunene, à entrega de diversos bens à direcção provincial da Reinserção Social, para apoiar pessoas portadoras de deficiência física.

A Fundação Lwini procedeu ontem, em Ondjiva, província do Cunene, à entrega de diversos bens à direcção provincial da Reinserção Social, para apoiar pessoas portadoras de deficiência física.
A doação enquadra-se no âmbito do programa social de solidariedade e assistência às pessoas portadoras de deficiência física que a instituição tem levado a cabo, para minimizar as dificuldades de locomoção que os mesmos atravessam.
O Fundo Lwini entregou à referida direcção um total de 50 cadeiras de rodas, dez triciclos manuais, um motociclo, balões de cobertores e roupas usadas, para serem distribuídos a deficientes do Cunene.
António João, o responsável da Fundação Lwini que fez a entrega, disse que esta doação se enquadra ainda no programa da instituição que tem em vista ajudar a população rural, principalmente as mulheres.
O governador em exercício do Cunene, António dos Santos Candeeiro, referiu que o gesto da Fundação Lwini vem juntar-se aos esforços do Governo da Província para minimizar as principais dificuldades dos portadores de deficiência física e outras pessoas necessitadas.
O responsável disse que a guerra que assolou o país, em particular o Cunene, deixou viúvas, órfãos e deficientes físicos, sendo a maioria amputados. António Candeeiro agradeceu o apoio da fundação às duas famílias, sendo uma de Ondjiva e outra na comuna do Nehone, que foram atingidas por enfermidades de origem genética.
A província tem mais de 1.700 deficientes físicos inscritos na direcção provincial do Ministério da Assistência e Reinserção Social.

Tempo

Multimédia